Clariceterapia

Esse post fala sobre gostos pessoais, portanto, se o seu for diferente, seja maduro para antes de xingar nos comentários, perceber que isso somente não foi destinado a você, mas que possui o seu valor.

A primeira vez que ouvi falar sobre a Clarice foi em 2011, quando uma grande amiga minha me mandou esse link, adorei o tom irônico logo de cara, mas pensei que fosse só um vídeo de humor para o canal parafernalha, nem imaginava que ela era cantora mesmo.

Foi quando tive uma surpresa muito boa ao criar minha conta no Rdio (quem não tem, passe a ter), vi aquela carinha angelical com um olhar puro e penetrante estampando o álbum Monomania.

 Imagem

E antes que alguém pergunte, ela mesma explica a escolha do nome em uma música:

Se juntar cada verso meu e comparar
Vai dar pra ver
Tem mais você
Que nota dó
Eu vou ter que me controlar se um dia eu quero enriquecer
Quem vai comprar esse cd
Sobre uma pessoa só?

Apesar das canções serem românticas, não tem nada a ver com essas melosidades que já estamos acostumados, é tudo bem leve e descontraído, como eu acredito que deva ser a vida.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Clariceterapia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s